André Boffano e Sam Santos, da Modem, roupa com alma e além do óbvio

Por A Mais B, moda e quem faz moda: “Sempre buscamos refinamento e sofisticação, o oposto da roupa datada” (André Boffano e Sam Santos, da grife Modem – Imagem: Fotosite, Minas Trend)

Beth Barra

André Boffano e Sam Santos fizeram da Modem, primeira coleção lançada em abril de 2015, uma grife celebrada por sua estética limpa, batizada por eles de ‘organic form’ pelos cortes em modelagens envolvendo volumes e assimetrias em uma alfaiataria elaborada, contemporânea e original. Mais a estamparia elaborada a partir de fotografias ou desenvolvidas em técnicas manuais ou com intervenções digitais. A marca paulistana, que está quarta coleção, mostrou looks do seu inverno 2017 na passarela do 19º Minas Trend e participaram do desfile performance do Veste Rio, dia 20 de outubro com outros nove nomes selecionados pela plataforma Novos Talentos. Os meninos, hoje com 25 e 26 anos de idade, são o que a moda costuma chamar de superaposta; mas vão além do sucesso em multimarcas como a Dona Coisa e a online Gallerist. “Criamos uma roupa com alma e para que seja olhada além do óbvio”, disseram em entrevista ao Por A mais B.

modem_inv2017_post5Não à toa, o desfile da Modem no Minas Trend foi aclamado pelas silhuetas perfeitas, o trabalho com os tecidos e uma quase ausência de ornamentos e decorativismo, inclusão de peças chaves como jaquetas e calças, camisaria nada banal e aparentemente simples, vestidos que se adequam a diferentes corpos.

Roupas com o selo ‘não descartável’ e antítese do efêmero integram o código criativo da Modem, formulado pelos dois durante a gestação da grife. “Qualidade, design autêntico e sem cópias”, descrevem ao explicar que as coleções não mudam drasticamente – “estudamos nossa modelagem e como ela pode evoluir”. (Nas imagens, detalhes do desfile da Modem na 19ª edição do Minas Trend – Agência Fotosite)

A Modem nasceu do encontro de dois jovens designers, que perceberam ter o mesmo olhar e estética para a criação – “sempre buscamos refinamento e sofisticação, o oposto da roupa datada”, contam. André Boffano e Sam Santos, ambos de Belo Horizonte, e com as famílias morando na capital mineira, percorreram caminhos diferentes até se conhecerem por uma rede social e criarem a grife. Os dois viveram no exterior por vários anos – na França e nos Estados Unidos, respectivamente.

Sam Santos foi morar com a família na Flórida aos 9 anos de idade; aos 17, quando os pais retornaram para o Brasil, mudou para a casa de uma tia em Nova York. Foi na cidade cosmopolita e multiétnica que começou a conviver com a moda – “fiz um estágio em uma agência de publicidade que atuava na área, desenvolvendo design gráfico e estamparia”. Esse trabalho o levou a leituras, estudos, pesquisas e a acompanhar os desfiles de lançamentos na Big Apple. Interesse pela moda adicionado à arte com muitas e muitas visitas a museus como o MOMA. Aos 20 anos, desembarcou novamente em Belo Horizonte para estudar Design de Moda pela Fumec – Computarwelt é sua coleção de formatura, onde aparecem elementos limpos e modelagem feita de volumes em clima high tech.

modem_lookbook_inv17_post10

Por A Mais B, moda e quem faz moda: Lookbook do inverno 2017 da Modem, que lançou a coleção na passarela da 19ª  Minas Trend (Fiemg, 5 a 7 de outubro) e no desfile-performance da plataforma Novos Talentos do Veste Rio, em 20 de outubro (Imagens: @divulgação)

 

modem_verao16_post2

Por A Mais B, moda e quem faz moda: Modem, coleção verão 2016 (Imagens cedidas pela grife)

A história de André Boffano com a moda começa do outro lado do oceano, mais precisamente em Lorena, na França, onde fez um intercâmbio aos 16 anos, após deixar BH. De lá, foi para Paris, onde morou por sete anos e cursou estilismo/modelismo pela École de la Chambre Syndicale de la Couture Parisienne. “Uma formação muito técnica, você aprende tudo sobre roupa; eram 10 horas semanais de costura e outras oito de modelagem, estudos de forma e de volumes”.

Esse aprendizado ‘perfeccionista’ é uma característica das escolas francesas, diz André Boffano. “A moda é celebrada como parte da cultura do país, que é conservador na criação, a mulher francesa é requintada, mais chique do que exuberante”, diz ele, que trabalhou por pouco mais de um ano como assistente de desenvolvimento de produtos da Givenchy, linha masculina, e estagiou com Reinaldo Lourenço e Barnabé Hardy (Carven), com quem aprendeu o processo de uma coleção por inteiro.

modem_verao2017_post3Por A Mais B, moda e quem faz moda: Modem, coleção verão 2017 (Imagens cedidas pela grife)

“Uma grife deve ter visão global, desenvolver a parte comercial, nada é criado por acaso”, diz a dupla da Modem, que trabalha moda conceitual, atemporal, sofisticada e usável. Toda coleção começa pelos tecidos, reunião com fornecedores, e duas viagens anuais a Paris. Lá, André e Sam escolhem, também, um tecido que será único a cada temporada para protagonizar uma peça (o colete ajustável em sarja de algodão e efeito de pintura, em negro, é a estrela da nova temporada), assim como uma cor vibrante – amarelo cytron no inverno 2017, enquanto tons suaves de rosa, nude, off white, preto e marinho são as bases criativas em tecidos como crepe de viscose, algodão, tricoline, couro e tricôs sequinhos em fios de seda.

Tanta badalação em torno da marca e de seus criadores não tira o foco de André Boffano e Sam Santos. Jovens, acessíveis e disponíveis para entrevista. Assim como criam roupas sem prazo de validade, parecem manter um pouco do jeito mineiro, embora tenham passado muito tempo fora do Brasil. Trabalhando e morando em São Paulo, eles reformaram um apartamento de 150 metros quadrados na Vila Madalena. O espaço abriga moradia e estúdio – e viver no bairro permite programas prazerosos, especialmente visitas às galerias de arte. “Tento ter disciplina, mas na finalização de coleções os finais de semana ficam comprometidos”, diz André.

#poramaisb – #bethbarra
beth.poramaisb@gmail.com
bethbarramoda@gmail.com

 

Leia MAIS
Moda
Alfaiataria, assimetria, requinte, despojamento; a Modem, de Sam Santos e André Boffano, lança inverno 2017 no Minas Trend

modem_spfw_in16a4_post4

Por A Mais B, moda e quem faz moda: Modem, coleção inverno 2016 (Imagens cedidas pela grife)