Dicas para conservar suas peças em couro bonitas, hidratadas e com brilho

couro_costura

Por A mais B: “O couro animal é um material extremamente durável e confortável, porém demanda cuidados específicos para evitar ressecamento e desgastes” – Hans Saraiva, sócio-proprietário da We Basic Brasil (Imagem Pixabay)

Anna Foureaux 

O couro é um material nobre, versátil e sensível utilizado tanto na moda, na indústria automobilística, no design, na decoração e também em mobiliários e artigos esportivos. Entre os produtos fabricados estão roupas, bolsas, sapatos, bancos, sofás, tapetes, bolas, equipamentos de equitação e muito mais.

engenheiraquimica_michellecabralCom a correta atenção para os processos de higienização e conservação os produtos em couro possuem uma vida útil longa. Porém a engenheira química Michelle Cabral explica que sem os cuidados específicos ele racha e se esfarela, e quando isso acontece, não há recuperação.

“O couro animal bovino, por exemplo, passa por um processo de purificação, caso contrário entra em putrefação. É fácil lembrarmos dessa característica se olharmos com atenção a superfície do material, tapetes de couro animal, por exemplo, costumam carregar as cicatrizes dos bichos. Com base nessa maior complexidade no processo produtivo, e na demanda por cuidados muito específicos, o couro sintético ganha mercado, pois deixa de ter o status de um material falso, para ganhar o de um material ecologicamente correto”, afirma. 

Na fotografia de Juliana Foini a engenheira química está vestida com couro sintético e sentada em um sofá de couro natural.

A fala de Michelle traz à tona discussões sobre sustentabilidade e exploração animal, que permeiam esse universo gerando muitas polêmicas e também avanços como o couro legítimo desenvolvido a partir de produtos de descarte; por exemplo as peles de peixes.

No mundo da moda o couro é sinônimo de luxo, refinamento e atemporalidade, especialmente em produtos únicos e numerados como por exemplo acessórios de marcas icônicas feitas sob encomenda e que podem demorar anos para serem entregues. Podemos citar a bolsa Birkin, modelo clássico, criado em 1984 pela Hermès, em homenagem à atriz inglesa Jane Birkin (vide imagem reprodução).

bolsabirkin_hermesCouro Natural X Couro Sintético

Michelle Cabral explica que o couro sintético possui maior vida útil, e é mais fácil de cuidar do que o natural. No primeiro caso basta uma limpeza feita com pano úmido. Por outro lado, o bovino necessita de hidratação, e não pode ter contato com água.

“Mesmo itens que ficam guardados por muito tempo, como é o caso de casacos nas mudanças de estação, demandam a hidratação periódica, com produtos específicos para isso, geralmente características semelhantes a do silicone”, completa.

Limpeza e Conservação

Ricardo Monteiro, Gerente Operacional da Quality Lavanderia, destaca que nem todo couro natural é igual e que devemos estar atentos às instruções da etiqueta do fabricante.

Como regra geral Ricardo ensina que para a limpeza de artigos de couro liso, podemos utilizar um pano macio umedecido somente com água, para limpar a parte de fora da roupa. Já para a parte interna, o ideal é aplicar um limpador de couro com auxílio de um pano, exercendo movimentos suaves para retirar a sujeira. Esponjas devem ser dispensadas, pois elas podem riscar o couro.

Na hora de secar, o material não deve ser exposto ao sol ou locais muito quentes, pois o calor pode encolher o couro úmido. As roupas devem ser guardadas dentro de sacos feitos de TNT para arejar e evitar a proliferação dos micro-organismos.

O couro precisa ser hidratado para evitar ressecamento e rachaduras. Por isso, é preciso utilizar regularmente um protetor de couro o que também irá garantir aspecto de novo e o brilho por muito mais tempo. Não é necessário passar.  A peça deve ser mantida esticada em um cabide e nunca dobrada.

saia_troaalfaiataria

Por A mais B: Jaqueta de couro (Imagem Pixabay) e saia preta de couro com ziper da Troá Alfaiataria (Imagem Divulgação)

couro_ jorgebischoff

Por A mais B: O couro com print náutico da coleção internacional da Jorge Bischoff, lançada para o verão dos Estados Unidos, na loja de Miami (Divulgação) 

Sapatos

Para Hans Saraiva, sócio-proprietário da We Basic Brasil a conservação depende tanto da frequência de uso, quanto das condições dos ambientes onde o calçado é utilizado.

“Para quem usa o calçado três vezes na semana num local mais limpo, como uma sala de escritório por exemplo, a manutenção periódica pode ser feita de 15 em 15 dias. Já para quem faz uso do calçado mais vezes por semana, ou então num ambiente mais exposto à poeira, terra e etc, é indicado que a manutenção seja feita com mais frequência, como uma vez por semana, por exemplo”.

A We Basic Brasil, marca nacional de calçados masculinos de luxo, utiliza o couro animal bovino, de carneiro e de búfalo como as principais matéria-primas de seus produtos. Isso por acreditar que esta é a opção mais confortável, durável e de maior qualidade para seus clientes. Em contrapartida, disponibiliza em suas lojas alguns produtos de outras marcas, entre eles, a linha de calçados ecologicamente responsável Vert Shoes, que conta com algumas opções de sapatos veganos.

A marca oferece ainda produtos que atuam tanto na prevenção de danos ao calçado ou acessório, quanto na manutenção periódica de seu bom estado de conservação como a espuma limpadora, o gel para couros, os impermeabilizante, renovador e limpador para nobuk e camurça e o desodorizante para calçados Odor Free.

sapatodecouro_ webasicbrasil

Por A mais B: A We Basic possui nova loja em Belo Horizonte localizada na Av. Prudente de Morais, 513, Lj. 8, Cidade Jardim (Imagem Divulgação)

Imagem de capa – Pixabay

#poramaisb – anna.poramaisb@gmail.com

Categoria: Moda e Acessórios