Lorena Viana e as bijus handmade da Ápice; grife da designer que vive em Dublin

apice_post1_lorena

Por A mais B, moda: A designer de moda Lorena Viana especializou-se em joalheria, trabalhou com marcas de acessórios em BH, e criou a Ápice, grife de bijus; vivendo em Dublin, ela aterrissou em BH com novidades da linha Fun (Divulgação)

apice_post6aMéri Grossi (*)

Lorena Viana formou-se há cinco anos em designer de moda e partiu para a produção de joias e bijoux. Especializou-se no Senai e na Escola Mineira de Joalheria e fez vários cursos. Ganhou experiência com marcas de acessórios consagradas em Minas e mudou-se para Dublin. Criou sua própria marca, a Ápice, em 2015, e na primeira visita à família ao Brasil conheceu um equipamento de corte à laser que lhe abriu as possibilidades para uma bijuteria mais leve, clean e que aceitou seu toque arrojado de design. Sua primeira produção, a coleção Geometric, com peças grandes e desenhos geométricos, caiu no gosto das fashionistas da capital irlandesa, onde apresentou suas criações em mostras e feiras, e hoje está em lojas de lá. A estilista está em Belo Horizonte para a temporada de carnaval e trouxe na bagagem a coleção Fun (Na imagem, colar da colection Fun).

“Resolvi brincar um pouco mais com o material, o mdf, e fiz a linha exclusivamente pensando em divertir as pessoas. Para o carnaval, incluímos algumas peças na coleção que retrata personagens do cinema, das artes e da TV”, conta Lorena Viana. Para Fun, ela criou caveiras mexicanas, peças ‘Frida Kahlo’, Darth Vader, personagens da família Simpsons, mais ícones do Star Wars, Disney, Mario Bros, entre outros.

 apice_post3_funPor A mais B, moda: Peças da coleção Fun, uma das linhas da Ápice, bijus produzidas no ateliê de BH e que está em lojas de Dublin, na Irlanda (Divulgação)

Toda as peças são produzidas no atelier em Belo Horizonte, na Sagrada Família. Brincos, colares e anéis pintados manualmente e depois envernizados, dando um toque handmade às bijus trabalhadas em acrílico e mdf. O efeito é um upgrade nos looks mais basaquinhos com as bijus leves e coloridas.

apice_post4_geometria1

Por A mais B, moda: Geometric, linha da coleção Ápice, desenvolvida em acrílico e mdf, com as peças pintadas e envernizadas à mão (Fotos: Marcelo Ramos)

apice_post5_geometria2

Por A mais B, moda: Brincos gigas e cores em Geometric, uma das linhas da marca mineira Ápice (Fotos: Ricardo Diamante)

 

Em Dublim, as coleções da Ápice Acessórios estão nas lojas Wardrobe Wilderness, nos mercados Blackrock e The Hapenny Market e na Fashion Boutique. Em Belo Horizonte, as bijus de Lorena Viana podem ser encontradas na Forlí (Minas Shopping) e na multimarcas Popcorn; além do e-commerce Etsy. Esse ano será lançada a store online.

Mais – Atendimento agendado no ateliê (31) 99987-1263 e vendas pelo instagram (@apice_acessorios) e pelo Facebook (Ápice Acessórios)

 

A marca mineira Ápice, bijuterias artesanais, nasceu da parceria entre Lorena Viana, designer de moda, com Silvia La Rocca, artista plástica, que desenvolvem suas peças em mdf e acrílico. A produção é cuidadosa, desde os desenhos feitos em um software de vetorização até a montagem e pintura de cada detalhe. Cada peça é cortada a laser, pintada à mão (pincel), envernizada e finalizada uma a uma, o que confere exclusividade e o charme do artesanal.  As coleções  são divididas em três linhas: a Geometric, a mais explorada pela marca até agora, com peças maiores, coloridas e design geométrico; a Fun com itens menores e divertidos e Essencial, que traz peças clean.

meri_gross-Jornalista(*) A jornalista
Méri Grossi é
fundadora e sócia da
Scritto Comunicação,
pós graduada em moda,
gestão e marketing

 

Leia MAIS
Moda