Suave ou intenso em looks sensuais, sofisticados ou despojados, o roxo e suas nuances na Cor do Mês do Por A mais B

roxo_cor_mes_poramaisb_post1Por A mais B, o roxo e suas nuances na Cor do Mês: Sexy + sofisticado no vestido da coleção Hannibal Laguna (Madri, ImageNet)

Beth Barra

Suaves como lavanda, orquídea, hortênsia e lilás; fortes como uva e beringela entre as infinitas variações do roxo, a Cor do Mês do Por A mais B. O purple nasce do círculo cromático primário – o vermelho (quente) e o azul (frio), que misturados levam à essa diversidade de tons, remetendo a poder e sensualidade ou delicadeza e leveza. Original e inspiradora – no Color Fashion Fall 2016 da Pantone surgiu o Bodacius, brilhante e envolvido por nuances de rosa; e em 2014 ‘Orchid Radiant’ foi eleita a Color Of The Year pelo instituto. Nos novos códigos do vestir, mais livres e criativos, ele surge nos vestidos de festa ora diáfanos e esvoaçantes, ora delineando o corpo em tecidos nobres; ora em dresses que contrapõem a fluidez de saias a corpetes estruturados.

Fendas, decotes, recortes estratégicos nos looks diva moderna e sexy em looks da Balmin com sobreposições e transparências. O estilista Hannibal Laguna, que lança suas coleções na semana de moda de Madri, trabalha habilmente modelos sofisticados e ladylike em cetim de seda, seda, bordados e pontos de brilho em longos ou cinturas marcadas nos cocktail dress. Uma cor desafiante, que exige uma dose de paixão ao eleger um dos muitos tons do purple.

roxo_cor_mes_poramaisb_post4O roxo, mesmo com variações que parecem infinitas, está além de trends da temporada, mas seus muitos tons surgiram em coleções belíssimas como a de Elie Saab. O designer libanês, que é puro luxo e sofisticação, levou à sua última passarela parisiense, coleção fall-winter 17/18, criações inspiradas no balé Giselle – a linda camponesa que se apaixona por Albrecht, o Duque da Silesia, em uma trágica e lírica história de amor. Com esse tema, que vem de um clássico da dança, apresentado pela primeira vez em 28 de junho de 1841, o estilista criou uma cartela em preto, royal e o purple em nuance de berinjela, escuro, sofisticado e sensual nos modelos de silhuetas inspiradas nas bailarinas.

Os tutus foram interpretados em saias de renda e chiffon de efeito diáfano, que se juntaram a vestidos, corsets, saias, calças e sobretudos em outros tecidos. O veludo surgindo como fita sobre as peças sofisticadas ou compondo alguns modelos. Uma exaltação ao feminino contemporâneo, sensual nas transparências dos longos ou nos casacos que acompanham o movimento do corpo. Esse roxo que remete ao vinho profundo ganhou looks monocolor ou duetos com preto. Meias finas negras com pequenos poás, salto alto e uma sofisticação sem excessos – a cor criando mistério e lirismo. (Nas fotos, dois looks Eli Saab; inverno 2018; Paris; site da grife).

Looks femme fatall, ladylike ou o easy chic nas produções noite tornam o roxo mais instigante e sofisticado. Mas suas muitas nuances, das suaves às escuras, surgem também em produções dia. Estão nos terninhos estruturados da Marni, na saia Missoni combinada ao pull alongado em verde água, na jaqueta com brilho em dueto com o dress contornando as curvas da Trussardi, no mix paletó lilás + saia pink de David Delfín, na delicadeza do top transparente Devota & Lomba, no tricô it girl Alberta Ferreti.

O roxo não é o novo preto, mas exala allure. Das produções básicas entre moletons e tricôs, à alfaiataria de ternos, calças, camisas. Eleger uma it peça em purple, suave como lavanda, sexy como as nuances escuras, produz um efeito renovador ao look. Produções cool com jaquetas e outras peças misturando tons e texturas do purple; paletó roxo em mood tomboy – brincando com elementos masculinos no visual; ou uma saia lápis com pull preto sequinho + salto alto; sexy lady!

Mixar seu roxo eleito com rosados é moderno, adotar combinações de peças com a cartela de areias produz looks elegantes e sóbrios. Porém,  se o caso de amor não é tão intenso, adicione a cor nos acessórios, especialmente bolsas e sapatos – um estonteante salto agulha ou um tênis para efeito máximo, sem armadilhas fashion. Uma exigência? O roxo merece tecido, modelagem e acabamento de qualidade – sem eles, perde sua sedução, mesmo no mais casual dos looks.

 

roxo_cor_mes_poramaisb_post2aPor A mais B, o roxo e suas nuances na Cor do Mês: Acessórios em purple para adotar a cor sem medo; na sequência, stiletto Balenciaga (site Net a Porter); o lilás suave da bolsa Manu Ateliê (site Net a Porter); o queridinho Converse All Star; a sofisticação da sandália Jimmy Choo (site Net a Porter); mochila Gucci (site da grife) e o escarpin de salto sabrina Gianvito Rossi (site Net a Porter)

 

roxo_cor_mes_poramaisb_post3♥ Um dos pigmentos mais antigos já registrados, derivado de um molusco – o Tyrian purple, o roxo faz parte da história e vestimenta de muitos povos. Tingir uma peça equivalia a pequenas fortunas, reservada aos nobres e senhores de impérios

♥ O roxo está também na natureza, entre orquídeas, violetas, alfazema. A paleta de belas flores é sempre inspiradora, revelando que as cores da natureza são elementos vivos

♥ Nos anos 60, surgiu o ‘roxo psicodélico’, criado a partir da mistura de pigmentos florescentes magentas e azuis. O tom adotado pelos hippies tornou-se uma das cores favoritas do ícone Jimi Hendrix

♥ Purple também é ligado à magia, ao feminismo, ao movimento gay, ao clero. Uma mistura de sobriedade, já que era usado pelas viúvas, e sensualidade. Quem resiste a um modelo roxo, longo, diáfano, sedutor?

♥ Os muitos tons do roxo aquecem ou suavizam ambientes. No lilás criam sensação de calma; nas versões mais escuras o efeito é de sofisticação, que pode estar em único item, como uma poltrona ou cadeira.

#poramaisb – #bethbarra
beth.poramaisb@gmail.com
bethbarramoda@gmail.com

Leia MAIS
Moda

Por A mais B, o roxo e suas nuances na Cor do Mês: Da Trussardi, o purple em looks despojados + mood sensual (Fotosite)
« 1 de 17 »

 

Categoria: Moda e Acessórios