Tropi.calle, na laje! alto-verão 2017 Cila traz chamado em clima “quero ver o mundo”

cila_ve17a1_abre

Por A mais B, moda: Look da coleção Tropi.calle, alto-verão 2017 da marca mineira Cila (Foto: Breno da Matta)

Beth Barra

Diversidade de estampas, cores, texturas, modelagens e um chamado: “I want to see the world”. Em clima “eu quero ver o mundo”, a Cila lança seu alto verão 2017, batizado Tropi.calle, na laje! Com direção criativa de Tetê Vasconcelos há 11 anos, a estilista – filha de Maria Cecília, que criou a marca de beachewear nos anos 60, trabalha suas propostas contemporâneas, vanguardistas e criativas nas coleções da grife mineira. Daí os conceitos mixando mulheres que amam praia, viagens e transitam entre as areias e o street style.

Na campanha do alto-verão da grife, clicada por Breno da Mata, a top Daniella Melo (Agência Doze) surge exatamente na cobertura de um prédio, recriando em uma produção divertida o na ‘laje’ conjugado ao Tropi.calle. A coleção ganhou lançamento oficial na store da Cila na quarta-feira, 7 de dezembro.

cila_ve17a1_pos2Tetê Vasconcelos apostou em estampas temáticas para Tropi.calle e muitas texturas nas peças, com destaque para o jacquard em biquínis e maiôs; o Tibau, tecido que lembra renda e o Zap – com um desenho em zig zag + brilho para alguns tons lisos. Modelagens diversas e versáteis, possibilitando novas amarrações e usos para várias peças. Tem tirinhas avulsas que vem como mimo em calcinhas, maiôs e tops.
Muitas acompanhadas de uma argolinha, que unida às tiras cria uma amarração que vai do colo ao pescoço e é presa na parte de trás – remetendo à chocker, a gargantilha agarradinha da década de 90, que se tornou item hypado entre os acessórios.

Nesse mix de modelagens para diferentes corpos e estilos, surgem as calcinhas que vão das fininhas em edição sexy às hot pants; o style lady do beachewear. O modelo azul, quase marinho, efeito de brilho, faixas laterais e usado com top é em clima ‘resort’. Lindo! Os maiôs ganharam recortes e vazados e tem até modelo com maxibabado – um clima retrô sem naftalina. Vale lembrar, Maria Cecília, a criadora da marca, criou aos 16 anos um modelito ‘engana-mamãe’ – que o deu o start para o lançamento da Cila.

E qual o maiô tem que ter da temporada alto-verão 2017  Cila? O modelo sequinho e clean, mas com cavas pronunciadas nas lateriais  e opções de inscrições: “summerholic” ou “tropicalle” – está lá, no texto de apresentação da coleção e sim, uma opção no trends, que alonga as pernas e sensual na silhueta limpa. Destaque para o tom terroso. A coleção, na linha Sunset, inclui croppds, quimonos, saias, cangas, vestidos longuetes, coletes, saias e toalha – in love!

 

Styling – Desde o fim do conjuntinho, o beachewear ficou + interessante. Misturar estampas ou peças lisas a printadas; eleger os modelos de calcinha e sutiã que moldam melhor o corpo e criar opções divertidas e contrastes de cores em novos moods para as peças que são ‘a praia das brasileiras’. Do litoral e das montanhas!

 

Confira as estampas desenvolvidas para Tropi.calle

Flower Trip – Fundo preto sobre floral em mix de formas orgânicas e psicodélicas das flores e plantas, elementos do mar, símbolos místicos e mini triângulos criando prints geométricos.

Cactus – Inspirações na América Central no mix de cactos e bananeiras. Essa linha de estamparia inclui estrela de seis pontas, paredes envelhecidas e desenhos étnicos.

Haha – Frases desconstruídas e divertidas na estamparia que trabalha a leveza da flor de lótus ou prints remetendo à pichações.

Cult Wall – Clima ‘ao redor do mundo’, ou ‘all over the world, na estampa que explora com referências de diversas culturas e crenças.

Rustic Lines – Listrado com efeito handmade + texturas + colagens.

#poramaisb – #bethbarra
beth.poramaisb@gmail.com
bethbarramoda@gmail.com

Leia MAIS
Moda

Por A mais B, moda: Tropi.calle, na laje!, coleção alto-verão 2017 Cila (Fotos: Breno da Matta)
« 1 de 12 »