Visto F1

11713561_880873695332571_1581244732_nHello Heloo!!!

Bom gente, hoje vou responder à uma das perguntas que mais escuto: Como fazer para estudar nos EUA?

Eu entrei no país como estudante de inglês, à princípio. Mas na hora de tirar o visto já havia avisado ao consulado que após o cursinho de inglês eu pretendia cursar o mestrado. Quando cheguei,  sabia apenas o básico do inglês. Venho aos EUA constantemente, desde meus 10 anos de idade, mas sempre fico com grupos de brasileiros, então nunca precisei me dedicar à língua até vir morar aqui.

school-books-99476_960_720

“Não fique com pessoas que falem a mesma língua que você, não more em uma cidade que você não vá praticar inglês,” aconselha nossa bloguer

As pessoas na Califórnia são muito amigáveis e pacientes e também amam brasileiros. Fiquei um tempo na casa do Tom, mas depois resolvi morar com duas amigas da escola de inglês. Meu primeiro desafio foi o de encontrar um apartamento. Então busquei no site “craiglist.com” e com o meu basicão no inglês, consegui um apto legal no qual morei por um bom tempo.

Com planejamento seu intercâmbio será um sucesso

Com planejamento seu intercâmbio será um sucesso

O primeiro passo é encontrar uma faculdade ou uma instituição que vai ajudar com o visto F1 (visto de estudante). A minha primeira escola de inglês foi a Kaplan. A instituição vai lhe informar sobre um formulário que deve ser preenchido chamado I-20. A escola deve registrar o estudante no sistema SEVIS. Na hora da entrevista no consulado, o estudante precisa levar o documento I-20 e prova do pagamento SEVIS. No meu caso eu também levei o meu diploma da faculdade.

mestrado4

Kênia em sua apresentação final do mestrado

Nas férias, o estudante, pode tranquilamente sair dos EUA para viajar desde que já tenha se matriculado para o próximo período e tenha a assinatura no I-20, pois quando voltar ao país a imigração irá pedir o documento.

foto 1 oslo

Kênia e Tom viajando nas férias

Se você planeja vir estudar inglês; aqui vai a minha dica: não fique com pessoas que falem a mesma língua que você, não more em uma cidade que você não vá precisar usar o inglês. Esse foi um dos motivos que me fez escolher Berkeley. Outra dica para quem pretende vir estudar aqui é tentar uma bolsa. Quando eu estava na Kaplan, conheci muitos brasileiros e alguns que vieram pelo governo. O governo brasileiro paga  a moradia, o estudo e ainda dá uma ajuda para alimentação. Eu não vim desta forma, mas acredito que se você pesquisar vai encontrar muitas dicas sobre isso.

Kenia Duarte Stern – Blogueira convidada

Instagram: KeniaDuarte / Twitter: KeniaDuarte @keniaau / Facebook: Kenia Duarte Stern

Email: press.poramaisb@gmail.com

Os comentários estão desativados.

Categoria: Garotas de Batom