Confraria e a coleção de bolsas desejo; criações autorais em junco, couro tressé e clima piquenique

Por A mais B, Minas Trend/verão 2017, Confraria: no backstage do desfile, destaque para a clutch em junco da marca que celebra 18 anos de criação (Foto: Agência Fotosite)

Confraria Post MTve17 Post DetalheBeth Barra

Uma passarela de acessórios é um desafio que a Confraria pode celebrar. A marca de bolsas e sapatos, que desfilou pela primeira vez na 18ª edição do Minas Trend/verão 2017 (Fiemg), conseguiu despertar desejos imediatos com sua coleção. Os vestidos brancos e românticos, leves e fresh, serviram como esculturas para revelar bags lindas, de tamanhos, cores e estilos diversos. O clima piquenine e a utilização de matéria-prima sustentável – como o junco, fibra nativa do Amazonas, reforçou o conceito autoral e slow fashion da grife, que nasceu em Belo Horizonte.

Cores impactantes como verde e lima, laranja e pimenta, solares como o amarelo, a delicadeza do branco, tons de nude e marrom, duetos color, texturas e efeitos no couro. Além de clutchs lindas – em junco, retangular, acabamento em cristal mais as opções lifestyle de festa.

O balneário da collection é ancorado nos modelos navy, com destaque para combinações de azul vermelho e branco. Os modelos estilo baú, em junco, criaram a atmosfera passeio do desfile. Belos trabalhos no couro em tressês manuais e outras tramas, mais os modelitos em palhinha.

Da célebre mochila – quem não quer o modelo de couro verde – tão queridinha de outras temporadas, que anda frequentando as novas coleções de várias marcas – aos modelos compactos e médios, com destaque para a tiracolo ou crossbody bag. Tem as bolsas grandes e espaçosas, alças curtas, onde é possível carregar o mundo, as pequenas notáveis, modelitos romance moderno em junco branco. Uma coleção autoral, com alguns sapatos e sandálias, do escarpim romance com o lacinho finalizando o calcanhar às sandálias fresh, fresh, desnudando os pés. Mood contemporâneo da marca de Ana Paula de Ávila e Silva, designer e dona da Confraria, que celebra 18 anos e fez bonito no catwalk – ou, simples assim, na passarela!

#poramaisb
beth.poramaisb@gmail.com
bethbarramoda@gmail.com

 

Por A mais B, Minas Trend/verão 2017, Confraria: coleção em clima piquenique, com bolsas em junco, palha, couro trabalhado em tressê, tiracolo - as novas crossbody, clutchs, bags imensas, médias; em branco, neutros e cores vibrantes, mais sandálias e sapatos 'quero já' (Fotos: Agência Fotosite)
« 1 de 19 »

 

Desfiles Minas Trend, LEIA mais:

Viva desfila uma primavera/verão feminina, romântica e poética

O casual jovem e chique e os dress delineando o corpo, sexy e lady de Lino Villaventura

Alfaiataria contemporânea, shape longílineo, contraste de tons suaves e fortes na Plural

Rendas e lingerie no revela-esconde da Faven e seu tricô primoroso no verão MT

Sonia Pinto: inverno atemporal e de vanguarda, mix de androginia, modelagem perfeita, tecidos nobres e criação com alma

Fabiana Milazzo mixa estética grunge ao jeans e delicadeza de bordados, pérolas, sedas

 

Categoria: Moda e Acessórios