Victor Dzenk de volta às passarelas com seu new folk peruano (Minas Trend)

victordzenk_meta

Victor Dzenk em coleção inverno 2017  inspirada no trabalho da artista plástica Ana Teresa Barboza (Imagens Fotosite)

Anna Foureaux

Victor Dzenk volta a se apresentar nas passarelas do Minas Trend, encerrando a primeira tarde de desfiles de sua 19ª edição. Em pauta o que podemos chamar de new folk peruano, inspirado no trabalho da artista plástica Ana Teresa Barboza com seu patchwork, colagens, desenhos da botânica, e bordados em linha simulando tatuagens old school.

detailsO estilista que ingressou no mundo da moda aos 15 anos e cursou a École Supérieure de Mode em Paris é da velha guarda do segmento, participou com sua marca homônima criada em 1998 do extinto BH Fashion Week, do Fashion Rio e também do São Paulo Fashion Week. Uma história e DNA em prints digitais.

Entre os tecidos escolhidos, cetins pesados, jacquard, couro, pele fake, matelassê, tecidos dublados, de alfaiataria e também fluidos como musseline, crepes, chiffon de seda, tules e jérsei. Na cartela de cores tons candy, entre rosa, azul, champanhe, mas com intervenções em preto e por vezes vermelho em tramados que fazem menção à cultura peruana. 

Uma coleção consistente repleta de bombers estampadas nas costas tipo tattoo, camisaria desconstruída, com cavas deslocadas, pregas, punhos largos, e os maxi casacos; contraponto com os plissados glamourosos, bordados e pedrarias divinos. Destaque para a série em tricô, para cobrir o frio, em oversize e a fusão de tecidos na moda festa. Tipo Uau!

victordzenk1

victordzenk2

victordzenk4-copyvictordzenk3

victodzenk5victordzenk6

Inverno 2017 – 19ª edição do Minas Trend (Fiemg), 4 a 7 de outubro de 2016

Leia MAIS
Silhuetas marcadas e contraste de cores no inverno 2017 da Natália Pessoa/Faven

#poramaisb – anna.poramaisb@gmail.com

Categoria: Moda e Acessórios