‘A Lenda das Mãos Vermelhas’

00000_campari_zoe_saldana_post1Por A mais B, Oh! Vivre: Zoe Saldana no cartaz do curta The Legend of Red Hands como protagonista da campanha Red Diaries Campari 2018 (Divulgação)

Beth Barra

Zoe Saldana é a protagonista de Red Diaries Campari 2018. Pelo segundo ano consecutivo, o icônico aperitivo italiano troca seu disputado calendário, lançado todo mês de novembro, por uma série de curtas celebrando os mestres dos coquetéis de várias partes do mundo. Com o título The Legend of Red Hands, em português “A Lenda das Mãos Vermelhas”, a direção é do cineasta Stefano Sollima, que permeia a história de mistério, glamour e suspense, envolvendo o público em cada trama e tendo como estrela a atriz, famosa pelos personagens destemidos de HQs e ficção científica.

A atriz interpreta Mia Zarc, uma bela mulher em busca do coquetel perfeito, e sua jornada começa por Milão, cidade onde nasceu o Campari. Zoe Saldana tem como partner Adriano Giannini, como Davide – o mesmo nome do criador do aperitivo – interpretando um modelo italiano totalmente seduzido por ela. A empresa ainda não divulgou se lançará o Red Diaries Calendar Book, espécie de livro de memórias com os bastidores dos curtas. Em 2017, na série estrelada por Clive Owen, e filmada por Paolo Sorrentino, foram confeccionados 9.999 desses diários como presente a uma seleta lista de nomes.

00000_campari_zoe_saldana_post2Por A mais B, Oh! Vivre: A atriz Zoe Saldana em cena de bastidores e nas filmagens de The Legend of Red Hands, curta da campanha Red Diaries Campari 2018, que será lançado globalmente em janeiro (Divulgação)

Ao eleger uma atriz para estrelar a segunda série de curtas da campanha Red Diaries 2018, que substitui um dos calendários mais famosos e disputados do mundo, a Campari coloca em cena também o empoderamento feminino. Nos últimos anos, as mulheres, cada vez mais, estão no centro de tramas cinematográficas ou roubando a cena – seja em histórias de ação, como Mad Max: Fury Road ou  Atômica, ambos com Charlize Theron, no mundo dos HQs transpostos para a telona (Gal Gadot em Mulher Maravilha), em dramas (Cate Blanchet e Rooney Mara em Carol), adaptações históricas (As Sufragistas).

Ok! Zoe Saldaha surge sexy, misteriosa e sedutora no curta, que será lançado em janeiro. Mas toda a trama é centrada nela e sua busca pelo coquetel perfeito em um trabalho que exige, sim, talento além da sensualidade e beleza. A atriz, que se tornou conhecida por trabalhos como em Avatar, Star Trek, Guardiões da Galáxia ou Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra, surge nesses longas com figurinos e make que praticamente escondem seus traços.

O novo Red Diaries Campari vai mostrar, como no anterior, o talento de bartenders ao redor do mundo. Em 2018, o curta será lançado globalmente no universo digital e terá uma estreia red carpet em Milão. Por enquanto, a marca divulgou um vídeo com cenas de bastidores de The Legend of Red Hand. Confira, no final, o apertivo que está no canal do Yotube.

00000_campari_zoe_saldana_post3_filmesPor A mais B, Oh! Vivre: Zoe Saldana, na foto maior, como Neytiri, a musa de Avatar; na sequência em cenas de Guardiães da Galáxia (2014), Piratas do Caribe (2003), Guardiães da Galáxia  Volume 2, Star Trek (2008) e a vingadora de Colombiana (2011) (Fotos: Reproduções)

A musa de Avatar

Com 1,7m de altura, 39 anos completados em 19 de junho, três filhos, Zoe Saldana, nascida em Passaic, Nova Jersey, tem ascendência porto-riquenha. Com sua beleza latina, a atriz estreou na TV em 1999, uma participação na premiada série Law & Order. A carreira no cinema começou no ano seguinte em filmes como Center Stage (2000, de Nicholas Hytner) e Crossroads (2002, de Tamra Davis) – contracenando com Britney Spears. Mas foi no divertido blockbuster Piratas do Caribe, em A Maldição do Pérola Negra, dirigido por Gore Verbinski, e lançado em 2003, que ela cresceu e apareceu na indústria do cinema.

Apesar de alguns longas explorando drama e vingança, como Colombiana (de Olivier Megaton, 2011), interpretando Cataleya, que se torna uma assassina para vingar a morte da família em Bogotá, Zoe Saldana ganhou o mundo encarnando alienígenas – de Star Trek ao aclamado Avatar (2009). No filme de James Cameron, ela é Neytiri, a princesa Na’vi, que vive livremente em Pandora, criado pela mente humana em outra dimensão, quando tornou-se a musa dessa terra onírica. E do público.  Acrescente a Gamora do primeiro Guardiães da Galáxia (2014, de James Gunn), que está também no segundo filme, lançado esse ano: uma guerreira durona em conflito com a irmã Nebulosa, de quem quer se vingar.

Esses personagens de outras galáxias ou saídos da Marvel marcam a carreira de Zoe Saldana, que inclui lançamentos como Avatar 2, em 2020, ou Vingadores: Guerra Infinita, que estreia em maio de 2018 e a parte dois em maio de 2019. Aos 39 anos, a atriz de uma beleza nada perfeitinha e sedutora,  parece seguir a trilha bem sucedida de blockbusters em produções que encantam de crianças a adultos. Ficção científica e HQs são a fonte de seu sucesso – adicione talento.

#poramaisb – #bethbarra
beth.poramaisb@gmail.com
bethbarramoda@gmail.com

Leia MAIS
Oh! Vivre
Clima noir com o ator Clive Owen no curta da Campari

Os comentários estão desativados.

Categoria: OH! Vivre