Fragrâncias

perfumes_dicas_usosPor A mais B, Suspiro da Carlota: Como escolher, usar e conservar nossos perfumes – Flickr

Anna Foureaux

As fragrâncias que utilizamos diariamente dizem muito a nosso respeito, nossa personalidade e ainda geram uma lembrança e um associação olfativa sobre nós. E é claro que um item tão marcante desperta nossa curiosidade e também muitas dúvidas. Alessandra Tucci, especialista no assunto e fundadora da escola Perfumaria Paralela, ensina alguns fatores que devemos observar na hora de escolher, usar e conservar nossos perfumes.

Para Alessandra o ideal é sentir entre 3 e 5 fragrâncias por vez, descansar o nariz percebendo o cheiro da própria pele e beber água. Ela explica ainda que os grãos de café encontrados em algumas lojas não são recomendados por questões de higiene e que acabam sendo um elemento extra que atrapalha a experimentação.

alessandra_tucci_especialista_perfumes

Alessandra Tucci – Divulgação

Como saber se o fixador é eficiente?

A especialista afirma que esta história de fixador é um mito. O que determina a duração da fragrância é a combinação da quantidade da essência e do estilo olfativo do perfume: “Não existe um ingrediente mágico que é adicionado ao perfume para que ele dure mais”.

Ela ressalta ainda que é importante saber o que esperar do perfume escolhido, os levinhos foram feitos para refrescar, dar bem-estar e por isso duram menos. Reaplicar o produto faz parte do ritual de frescor, algumas borrifadas ao longo do dia vão fazer toda a diferença.

Porque não sinto mais o meu perfume?

Já perceberam que chega um momento que não sentimos mais o cheiro do produto que usamos? Alessandra ensina que este é um recurso inteligente do nosso cérebro. ”Uma forma de nos proteger e de preservar nosso bem-estar para continuarmos sentindo os demais cheiros ao nosso redor, ou o que era para ser prazer, acaba virando um incômodo, completa.” 

Onde guardar o meu perfume?

A dica é guardar o frasco dentro do armário, longe da luz ou até mesmo dentro da geladeira. “A luz e a umidade são os maiores inimigos do perfume porque aceleram o processo natural de oxidação”, explica. Portanto, o banheiro é uma péssima alternativa.

Minhas escolhas

Eu amo e uso dois perfumes há alguns anos o Chanel Chance, uma composição gradualmente floral, apimentada, sensual e ávida, tendo suas notas de baunilha amplificadas, e o Chanel 5, também floral, com baunilha, madeira de sândalo, dominado pelo Ylang-Ylang e o néroli, é exaltado pelos aldeídos. E você?

chanel_chance_n5

Por A mais B, Suspiro da Carlota: Como escolher, usar e conservar nossos perfumes – Reprodução 

Perfumaria Paralela

A única escola de perfumaria do Brasil, representante da francesa Cinquième Sens e que atua há cinco anos na cidade de  São Paulo oferecendo cursos de capacitação, workshops, palestras sensoriais e consultoria para o setor de beleza e perfumaria.

Leia MAIS:

Beleza

Consultora dá dicas sobre a escolha e o uso de perfumes

perfume_dicasPor A mais B, Suspiro da Carlota: Como escolher, usar e conservar nossos perfumes – Flickr

Os comentários estão desativados.

Categoria: Suspiro da Carlota